Início / Blog / Geografia / O que é e como ocorre o efeito estufa?

O que é e como ocorre o efeito estufa?

Responsive Image

O efeito estufa é um fenômeno natural muito importante para o planeta. Sem ele, certamente a vida na Terra não seria como conhecemos. Sua principal função é manter a temperatura do planeta estabilizada, com menos variações e mais quente. No entanto, algumas atividades humanas têm intensificado o efeito estufa, causando um desequilíbrio ambiental com severas consequências. 
 
Por se tratar de um tema fundamental da Geografia e da atualidade, é muito importante incluí-lo em seu plano de estudos na preparação para o Enem e o vestibular. Quer saber como ocorre o efeito estufa e quais são as consequências do aumento desse fenômeno natural? Confira tudo neste artigo!

O que é o efeito estufa

Quando falamos sobre efeito estufa pode parecer que nos referimos a um fenômeno ruim pelos efeitos que têm causado diante do desequilíbrio provocado pela ação humana. No entanto, este é um processo físico fundamental para a vida na terra como conhecemos. 
 
Em resumo, o efeito estufa é responsável por manter a Terra aquecida. Sem ele, a temperatura do planeta seria por volta de 18ºC negativos. Por isso, muitos elementos da vida vegetal e animal, inclusive os seres humanos, não conseguiriam sobreviver. 

Como ocorre o efeito estufa

Quando os raios solares atingem a superfície do planeta Terra, 
 
parte da energia é refletida para o espaço e a outra parte fica aprisionada na atmosfera em função dos gases nela presentes. Essa capacidade de captar e reciclar a energia emitida pela superfície do planeta é chamada de efeito estufa.  
 
Apesar de ser um fenômeno natural, este efeito pode ser intensificado a partir de ações antrópicas, ou seja, geradas por humanos. Após a Revolução Industrial, observou-se um aumento considerável da temperatura média do planeta exatamente por ações do ser humano, como alta emissão de CO2, queimadas e desmatamentos, entre outras.

Principais gases para o efeito estufa

Existem diversos gases presentes na atmosfera, mas nem todos eles auxiliam o efeito estufa. O nitrogênio e o oxigênio, por exemplo, são os mais abundantes, só que praticamente não oferecem nenhuma ajuda neste fenômeno.
 
Alguns dos gases mais importantes para que aconteça o efeito estufa são o dióxido de carbono, o gás metano e o óxido nitroso. Saiba mais sobre eles abaixo.

Dióxido de Carbono

O CO2 é emitido por várias atividades humanas, como utilização de combustíveis fósseis (petróleo e carvão mineral), que enviam o dióxido de carbono para a atmosfera conforme acontece a combustão.  

Gás Metano

O CH4 tem um potencial estufa cerca de 21 vezes maior do que o CO2. Ele é liberado de lixões e também nos rebanhos bovinos, a partir da digestão de ruminantes, eliminando-o por meio da eructação. É importante observar que a maior parte da emissão desse gás, em torno de 60%, provém de fontes antrópicas.

Óxido Nitroso

O N2O é emitido por bactérias presentes no solo ou nos oceanos. Atualmente, as maiores fontes de óxido nitroso são de práticas agrícolas como o manejo do solo, a utilização de fertilizantes nitrogenados e o tratamento de rejeitos sólidos. 

Vapor da água

A água (H20) no estado de vapor também é um dos mais poderosos no efeito estufa. Com o aumento desses outros gases na atmosfera nas últimas décadas, a temperatura média do planeta está subindo e provocando uma grande evaporação de água, colaborando também com o efeito estufa.

Principais impactos do aumento do efeito estufa

Embora o efeito estufa seja essencial para preservar a vida na Terra, nas últimas décadas a ação humana tem intensificado o fenômeno e provocado uma desregulação no equilíbrio dos ecossistemas. A consequência disso é o tão falado aquecimento global, que nada mais é do que o aumento da temperatura média da Terra em um período tão curto de tempo. 
 
Essa elevada temperatura do planeta provoca diversos problemas sociais e ambientais. Confira alguns deles abaixo.

Derretimento das calotas polares

Além de acelerar a extinção de algumas espécies, como o urso polar, o derretimento das calotas polares resulta no aumento do nível de água nos oceanos, o que pode provocar o alagamento de várias áreas habitadas e o desaparecimento de alguns territórios.

Desastres naturais

O aumento da temperatura tem forte influência sobre o clima em geral, tornando-o mais imprevisível e desafiador, além de provocar a ocorrência e a intensidade de desastres naturais, como secas prolongadas, furacões e chuvas torrenciais. 
 
Como podemos ver, o aquecimento global é um dos maiores desafios do nosso tempo. Sem uma ação drástica hoje que possa minimizar a emissão de gases do efeito estufa, será difícil superar as consequências desses impactos.
 
Agora você já sabe o que é e como ocorre o efeito estufa. Viu como é um assunto importante para o Enem e o vestibular? Se quiser ficar por dentro de outros temas que podem cair nas provas, acesse o Blog do Hexag Medicina e confira nossos artigos!

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do Hexag.

Compartilhe

Sobre o autor

user

Comentários

Responsive Image

Bitnami