Início / Blog / Dicas para o vestibulando / Como fazer um resumo de um livro de forma produtiva

Como fazer um resumo de um livro de forma produtiva

Responsive Image

Quem vai prestar Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e vestibular tem uma agenda apertada, já que precisa estudar muitos conteúdos dentro de cada disciplina em um tempo razoavelmente curto. Não é fácil reter tanta informação. Por isso, existem algumas ferramentas que ajudam neste processo de aprendizagem. Uma delas é fazer exercícios e colocar em prática aquilo que você aprendeu na sua leitura ou em sala de aula; essa ação dará mais suporte para o seu cérebro fixar o que foi aprendido. 
 
Outra ferramenta que ajuda muito é o resumo, que, além de ajudar a aprender, auxilia a relembrar o que é mais importante na hora de revisar o conteúdo. Só que não adianta fazer de qualquer jeito, senão o resultado não será o mesmo. Se você apenas copiar tópicos e palavras importantes ou só o que o professor falar, não é garantia de que realmente entendeu o conteúdo, assim o resumo não irá ajudar muito depois.
 
Então, como fazer um resumo de um livro que seja realmente produtivo? Se essa é a sua dúvida, fique tranquilo. Preparamos este artigo com um passo a passo e dicas para você colocar em prática hoje e fazer os melhores resumos possíveis. Continue a leitura e confira!

O que é um resumo

O resumo é uma maneira mais breve, objetiva e concisa de apresentar informações sobre um determinado assunto. Por meio dele é possível entender as principais ideias do conteúdo base, facilitando o aprendizado. Também pode servir de guia para consultas rápidas e para uma futura revisão de conteúdo.
 
Ele pode ser separado por tópicos, palavra-chave, comentários, ou ser um texto corrido mesmo. Também pode conter fragmentos do livro, datas, personagens, citações, fórmulas, entre outras partes do texto original. No entanto, o mais importante é escrever a maior parte com suas próprias palavras. 

Preste atenção na aula e na leitura 

O primeiro passo para fazer um resumo eficiente é ter certeza de que você entendeu a matéria. Por isso, nada de ir copiando tudo o que você vê pela frente. O mais importante nesta primeira parte é prestar bastante atenção nas aulas e nas suas leituras, e se certificar de que, até o momento, não restaram dúvidas. Fazer exercícios pode ajudá-lo a colocar em prática o que aprendeu, mostrar se tem algo que não entendeu muito bem e ter a certeza de que você está bem afinado no assunto. 

Destaque as partes mais importantes

Agora que você já tem um conhecimento legal da matéria, a dica é destacar os principais pontos do seu estudo. Você pode fazer isso  grifando itens e frases que te ajudam a compreender melhor o conteúdo, e também anotando palavras-chave e tópicos que irão ajudá-lo a se lembrar do que aprendeu. 
 
Essa técnica serve também para tópicos e assuntos que precisam ser decorados, como datas representativas, nomes de protagonistas e de fatos históricos, fórmulas matemáticas, entre outros. Mas tome cuidado com essa parte. Principalmente quando falamos de Enem, pouquíssimas informações precisam ser realmente decoradas. Por isso, foque em entender o conceito e preocupe-se menos em decorar.

Crie perguntas que podem ajudar no resumo

Com as principais partes destacadas, é hora de organizar as suas ideias para, mais para frente, dar um corpo ao seu resumo. Uma maneira de fazer isso é criar perguntas que o ajudem a responder sobre o que você aprendeu. Algumas sugestões de perguntas são: “Qual é o conceito mais importante neste tópico?”, “Como eu explicaria este assunto a alguém?”. 
 
Nesta fase, você também precisa colocar na ordem que você deseja estudar. Você pode fazer isso elencando os tópicos mais importantes, por ordem cronológica ou da maneira que achar melhor. 

Escreva com as suas palavras

Você já estruturou como deverá ser a ordem do seu resumo. Então, mãos à obra. É hora de escrever tudo aquilo que você aprendeu e que acha que vale a pena acrescentar. O que vai fazer a diferença é escrever com as próprias palavras, pois isso irá forçar você pensar no que aprendeu e explicar da sua maneira. Assim, você fixa na mente o que foi estudado, tem a certeza de que aprendeu a matéria e tem uma ajuda para revisar o conteúdo no futuro. Se você somente copiar do texto lido, não estará absorvendo muita coisa. 

Formatos diferentes para um resumo

O formato do resumo quem escolhe é você. Pode ser um texto corrido, um questionário ou até mesmo desenhos, infográficos ou algum outro formato dinâmico que poderá ajudá-lo a estudar melhor o conteúdo na hora de uma revisão. 
 
Agora você já sabe como fazer o resumo de um livro de uma maneira realmente produtiva. Com essas dicas em mãos, é só colocar em prática. Para saber mais sobre tópicos do Enem e do vestibular, acesse o Blog do Hexag Medicina e confira nossos artigos. 

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do Hexag.

Compartilhe

Sobre o autor

user

Comentários

Responsive Image

Bitnami