Início / Blog / Atualidades / Você sabe qual o salário de um médico?

Você sabe qual o salário de um médico?

Responsive Image

O médico é um profissional valorizado em todo o mundo, e não é de agora. Desde os primórdios da civilização, pessoas que praticam medicina ocupam uma posição de destaque na sociedade, são reconhecidas e respeitadas. Afinal, a função exercida por esse profissional é de vital importância para a vida de todos, desde o momento em que nascemos.
 
Faz sentido, então, que a remuneração do médico esteja de acordo com a responsabilidade que ele assume. Já que, por muitas vezes, ele precisa usar seus conhecimentos e habilidades para fazer diagnósticos precisos, propor tratamentos, fazer cirurgias e salvar vidas. 
 
Dito tudo isso, ainda fica a dúvida: qual é o salário de um médico? Neste artigo, vamos dar essa resposta para você, confira!

Qual é a função do médico?

A resposta para essa pergunta pode variar muito. O profissional da medicina pode exercer diferentes tipos de funções de acordo com sua especialidade. Algumas opções são: fazer pesquisas, trabalhar na prevenção de doenças, realizar diagnósticos, prescrever tratamentos para ferimentos e doenças, fazer cirurgias, entre outras opções. 
 
O campo de atuação pode variar. O médico pode trabalhar em hospitais públicos ou particulares, em clínicas, consultório próprio, dar suporte às empresas fazendo a saúde do trabalho, ou até mesmo desenvolver atividades em outras áreas, como a de professor universitário.

Especialidades

Para exercer a profissão no Brasil, é necessário realizar uma graduação que dura, pelo menos, 6 anos. Em seguida, o formando deve realizar o registro profissional junto ao Conselho Regional de Medicina (CRM) de algum estado da União. Após esta etapa, o profissional pode atuar como um médico generalista, também conhecido como clínico geral, que faz atendimentos amplos, cuidando da saúde como um todo.
 
Se quiser se especializar em outra área da medicina, é preciso estudar por pelo menos mais dois anos. Nestes casos, ele pode optar por algumas das mais de 50 especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina, como pediatria, dermatologia, ginecologia e obstetrícia, anestesiologia, cardiologia, oftalmologia, ortopedia e traumatologia, psiquiatria, cirurgia plástica, otorrinolaringologia, entre outras. 
 
Além de uma especialização, convém ao médico participar de congressos e demais atividades que contribuam para o seu conhecimento e experiência profissional, além de ajudá-lo a se manter atualizado em relação às novidades da área. Falando especificamente em salário, é natural entender que, quanto mais especializado for um médico, maior será a sua remuneração.

Qual é o salário de um médico?

Já sabemos de todo o prestígio e dedicação de um médico, mas, afinal de contas, qual é o salário deste profissional? Segundo a Federação Nacional dos Médicos (Fenam), a recomendação para uma jornada de trabalho de 20 horas semanais é de R$ 15.274,34, segundo o que foi divulgado em janeiro de 2020. No caso de consultas particulares, o valor sugerido para cobrança é de $ 187,49.
 
Em tempos anteriores, o piso salarial dos médicos era definido pela Lei no 3.999/1961, vinculada ao valor do salário mínimo. No entanto, essa prática foi proibida pela Constituição Federal de 1988 e o valor passou a ser corrigido pela variação do índice oficial de inflação. Hoje em dia, o piso definido pela Fenam é usado como base para o salário inicial do médico contratado pelo Programa Médicos Pelo Brasil, do Ministério da Saúde.
 
No entanto, é preciso considerar, além da especialidade, a região em que o profissional está exercendo a medicina, já que em algumas partes do país o salário é maior do que em outras. O Sul, o Sudeste e o Centro-Oeste, por exemplo, costumam ter as melhores remunerações.

Especialidades com melhor remuneração

Segundo o Sine (Site Nacional de Empregos), um médico inicia a carreira ganhando entre R$ 4.820 e R$ 8.147, e só mais para frente passa a ter uma remuneração média de R$ 11.769 a R$ 19.891. 
 
Como em toda carreira, conforme o profissional estuda, se dedica e faz contatos (networking), ele consegue encontrar novas oportunidades e obter melhores salários. Um clínico geral júnior, por exemplo, recebe em torno de R$ 6,7 mil de remuneração mínima e cerca de R$ 11 mil de remuneração máxima. Depois de uns quatro ou cinco anos exercendo a função, torna-se um médico pleno e passa a ganhar mais. Ao longo do tempo, é classificado como clínico geral sênior e, depois, como master, podendo atingir uma remuneração de R$ 13 mil a R$ 22 mil.
 
Ainda assim, existem especialidades que costumam ser mais bem remuneradas do que outras. O especialista em cirurgia plástica, por exemplo, pode ganhar em torno de R$ 18 mil, enquanto o ortopedista cerca de R$ 14 mil, o anestesista R$ 10 mil e o dermatologista R$ 9 mil.
 
Se você quer cursar medicina, já sabe mais ou menos qual é o salário de um médico. Para saber mais sobre Enem, vestibular e medicina, acesse o Blog do Hexag Medicina e confira nossos artigos.

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do Hexag.

Compartilhe

Sobre o autor

user

Comentários

Responsive Image

Bitnami