Início / Videoaulas / Aulas de Língua Portuguesa / Aula em vídeo – Funções de QUE e SE

Aula em vídeo – Funções de QUE e SE

Prof. Murilo

Compartilhe

Os pronomes QUE e SE exercem funções bastante variadas no português, seja em nível morfológico (estudo de classes de palavras), seja em nível sintático (estudo do campo frasal). Nesse vídeo, demos ênfase para o nível morfológico (em vídeo futuro falaremos do nível sintático).

Sobre o pronome SE, do que foi mostrado no vídeo, é importante que o vestibulando se lembre de algumas funções morfológicas que são bastante recorrentes; dentre elas temos a função de “Parte integrante do verbo”, que é quando o pronome SE tem de estar obrigatoriamente colado ao verbo, caso contrário o verbo simplesmente não existe. É o caso de verbos como “arrepender-se” (não existe arrepender) ou “queixar-se” (não existe queixar). Outras duas funções do SE que causam confusão são as de “Reciprocidade” e “Reflexividade”. Temos Reciprocidade, por exemplo, na frase “Os jogadores se agrediram” (os jogadores agrediram uns aos outros, foi recíproco, bateu, levou). Já a Reflexividade trata de ações que se voltam contra quem as pratica. Por exemplo: “Jorge cortou-se com a faca”. Notem que a ação de cortar volta para quem a pratica, marcando a reflexividade. Por fim, lembrar sempre do SE enquanto marca condicional (aliás, a principal marca condicional do português).

Sobre o QUE, de tudo o que foi dito no vídeo, recomendamos que o vestibulando esteja atento às funções que ele exerce enquanto conjunção (em especial as conjunções explicativa, consecutiva e integrante). Muitos vestibulares também gostam de cobrar do vestibulando a função do QUE enquanto “Partícula de realce” (ou expletiva), que ocorre quando um QUE é inserido em um período em que não havia necessidade dessa colocação. Por exemplo: “Eu quase que caí da escada” (poderíamos muito bem ter dito “Eu quase caí da escada”. Desse modo, é sempre importante fazer a verificação da possibilidade, ou não, de remoção desse QUE. Por fim, estar atento a uma das funções mais básicas do QUE: a de “Pronome relativo”. Essa função ocorre quando o QUE retoma algum substantivo anteriormente mencionado num período. Aliás, na próxima aula daremos ênfase justamente a esse QUE relativo em sua função, agora, sintática. Até lá.

Novas Videoaulas Todos os Dias

Gostou dessa videoaula? Então, clique no botão abaixo e inscreva-se em nosso canal para acompanhar as novidades!

  • Aula em vídeo – Replicação do DNA(Prof. Kim)

  • Aula em vídeo – Equação de Clapeyron(Prof. J Alves)