Início / Videoaulas / Aulas de Biologia / Videoaula – Evolução

Videoaula – Evolução

Prof. TJ

Compartilhe

Evolução é um tema de Biologia bastante cobrado nos principais exames vestibulares. O foco é sempre a análise comparativa entre duas teorias evolucionistas: Lamarckismo e Darwinismo.

É importante destacar que Lamarck antecede temporalmente o Darwin, razão pela qual as suas ferramentas científicas eram mais rudimentares.

TEORIA DE LAMARCK

Uma determinada mudança no ambiente gera uma necessidade do indivíduo se adaptar a ela, ou seja, essa necessidade de adaptação em relação à mudança gera a modificação no indivíduo.

Podemos dizer também que a modificação no organismo é uma resposta direta à modificação no ambiente – a mudança no ambiente orienta a modificação no indivíduo.

TEORIA DE DARWIN

A chave do Darwinismo é a seleção natural.

Quando Darwin fez a sua famosa viagem ao redor do mundo, no Arquipélago de Galápagos observou em suas diferentes ilhas uma enorme variabilidade entre indivíduos de uma mesma espécie. Darwin concluiu que o meio age selecionando as características que são mais favoráveis a uma determinada situação.

Dentro dessas diferenças entre indivíduos de uma mesma espécie há uma ação seletiva do meio, adaptando-se os que possuem as características mais favoráveis.

Não trata-se da lei do mais forte que prevalece na evolução, mas sim a lei do mais adaptado.

NEODARWINISMO OU TEORIA SINTÉTICA DA EVOLUÇÃO

No início do século XX foram retomados os estudos biológicos do Darwin que, aliados aos estudos genéticos de Mendel, deram origem ao Neodarwinismo ou Teoria Sintética da Evolução.

Nela, encontramos explicação para a variabilidade, não esclarecida anteriormente por Darwin. A variabilidade é devida a dois eventos: mutação e recombinação genética.

A mutação é a ferramenta básica da evolução na natureza, pois não trata-se de um evento programado, mas que se dá ao acaso. Pode ou não trazer benefícios para o organismo. Evolutivamente falando, a mutação tem um efeito benéfico. A mutação consiste na mudança na estrutura ou número de cromossomos de uma determinada espécie.

A recombinação gênica está relacionada com a meiose, tipo de divisão celular que nos animais tem a finalidade de produzir gametas – espermatozoides e óvulos. No início da divisão ocorre a permutação ou crossing-over – troca de pedaços entre cromossomos de pares homólogos. No final da Meiose, na formação dos gametas temos a segregação independente dos cromossomos, com possibilidades de combinações diferentes nessa separação.

Acesse também mais videoaulas de Biologia na seção de videoaulas do Hexag Medicina.

Novas Videoaulas Todos os Dias

Gostou dessa videoaula? Então, clique no botão abaixo e inscreva-se em nosso canal para acompanhar as novidades!

  • Aula em vídeo – Inequações Exponenciais(Prof. Nando Nizoli)

  • Origem da Vida(Prof. Kim)