Início / Blog / Vestibular Medicina / O inglês nos vestibulares para Medicina

O inglês nos vestibulares para Medicina

Responsive Image

Com alguma frequência pergunta-se por que a língua inglesa é a linguagem para a grande maioria dos exames vestibulares para as escolas de medicina no Brasil. O que explica esta prevalência do inglês sobre as demais línguas estrangeiras nos vestibulares é exatamente o que explica a prevalência do inglês como linguagem para os negócios, viagens, redes sociais, música, cinema e outras formas de interação entre indivíduos de diferentes origens.

No meio acadêmico, inglês é praticamente a língua oficial. Muitos materiais didáticos do curso de medicina somente estão disponíveis em inglês, o que força as escolas de medicina a exigirem de seus estudantes o mínimo domínio de leitura. A grande maioria das provas tem prevalência de textos científicos ou informativos, sendo que as questões gramaticais são hoje minoria. A grande maioria delas exige ótima compreensão de texto.

Para aferir tais padrões, os exames vestibulares são formulados em quatro modelos, sendo que dois deles são os mais comuns.

1 – Provas de múltipla escolha: apresentam alternativas em português ou inglês, e a escolha deve ser feita dentre 4 ou 5 alternativas.

2 – Provas dissertativas: embora os textos sejam escritos em inglês, as respostas dissertativas (por escrito) são normalmente feitas em português. Exigem grande domínio da escrita e trazem sérios problemas para estudantes despreparados.

3 – Provas de somatória: após a leitura de um texto, os candidatos devem avaliar afirmações sobre ele. As afirmações são precedidas dos numerais: 1, 2, 4, 8, 16, 32 e 64. O candidato deve somar o numeral correspondente das afirmações que considerar verdadeiras. Provas de somatória são muito comuns no sul do Brasil.

4 – Provas do tipo Certo ou Errado: o candidato, após a leitura de um texto, julgará afirmações sobre ele, classificando-as como certas ou erradas.

Como esperamos ter informado, conhecimento dos modelos de provas, bem como preparo cuidadoso e profissional, são as estratégias certas para aqueles que querem obter sucesso nos vestibulares para medicina no Brasil.

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do Hexag.

Compartilhe

Sobre o autor

professor alexandre hexag

Alexandre Bacci

Alexandre Bacci é professor de Língua Inglesa no Hexag Vestibulares.

Comentários

Responsive Image