Início / Blog / Química / Gás Fosfina no Breaking Bad

Gás Fosfina no Breaking Bad

Responsive Image

Continuando pelo mundo maravilhoso da química do Breaking Bad, hoje falamos em como intoxicar alguns gangsters com gás fosfina.

Para você que está por fora e ainda não assistiu ao Breaking Bad, vale a pena comentar que a história do seriado americano gira em torno de um professor de química (Walter White) que começa a produzir metanfetamina, juntamente com um ex-aluno (Jesse), após descobrir que possui câncer de pulmão.

Devido aos conhecimentos químicos do professor Walter White, a dupla consegue produzir quantidades consideráveis de metanfetamina de alta pureza. Claro que isso acaba “irritando” os traficantes que já se encontram no mercado.

Emilio Koyama, o primeiro parceiro de Jesse na fabricação de metanfetamina, e seu primo Krazy-8, após descobrirem novos fabricantes da droga entrando no mercado, tentam matá-los para eliminar a concorrência.

Barganhando por sua vida, o professor Walter White faz um acordo com os traficantes: sair vivo em troca da receita para produção dos cristais de alta pureza. Se bem que falar cristal de alta pureza em química é um tanto quanto redundante!

Walter começa, então, uma aula prática de laboratório (laboratório de metanfetamina, né) onde já planeja uma reação paralela para a produção de um gás que poderá intoxicar os dois traficantes. No episódio, vemos Walter aquecendo uma panela com água até a sua ebulição, quando então joga uma quantidade considerável de fósforo vermelho, gerando uma cortina de fumaça e faíscas que possibilitam a escapada do professor, que segura fortemente a porta de seu trailer pelo lado de fora até a intoxicação dos traficantes.

Walter explica a Jesse que o fósforo vermelho em presença de umidade e aquecimento é capaz de produzir hidreto de fósforo, também conhecido como gás fosfina que é altamente tóxico.

Cadeia Fosfina

 

Falando a verdade, dificilmente Walter conseguiria produzir PH3 como visto no episódio e principalmente naquela quantidade. Fósforo realmente reage com vapor d’água para gerar fosfina, mas reação industrial para a produção em quantidade requer fósforo branco – uma forma alotrópica do fósforo vermelho utilizado por ele.

 

Reação Industrial de Formação de PH3

Reação Industrial Formação de PH3

A definição de alotropia é simples:

Alotropia – substâncias compostas formadas pelo mesmo elemento químico

Outros casos clássicos de alotropia são o do elemento químico Oxigênio que pode formar O2 (oxigênio molecular; gás oxigênio) e O3 (ozônio); do Carbono, que forma entre outros o carbono grafite e o diamante.

Claro que esse é um pequeno detalhe dentro da série.

É apenas uma chatice de químico prestar atenção nessas coisas!

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do Hexag.

Compartilhe

Sobre o autor

Professor Igor Hexag Medicina

Igor Saburo

Igor Saburo é professor de Química no Hexag Vestibulares.

Comentários

Responsive Image